terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Fernanda Brum diz que papel da igreja é receber os homossexuais e ouvi-los; Assista


A homossexualidade é um dos temas mais espinhosos do nosso tempo e a postura cristã diante dessa questão é, geralmente, pautada pelos princípios bíblicos, que condenam as relações sexuais entre pessoas do mesmo sexo. No entanto, segundo a cantora e pastora Fernanda Brum, há coisas a se fazer para que o relacionamento da igreja com os homossexuais seja mais cortês.

Fernanda e o marido, Emerson Pinheiro – também pastor e cantor – concederam uma entrevista à TV Teresópolis, no programa Espalha pra Geral, e opinaram sobre como a igreja deve lidar com essa questão.


Existem vários motivos que geram a oportunidade de um jovem tomar a decisão por uma opção sexual diferente. Mas, a nossa postura como igreja é sempre receber e ouvir. O primeiro passo é ouvir e receber. Eu não posso aqui em cinco minutos te levar os motivos para salvar o mundo. Mas, eu posso dizer para você que, se você não recebe um jovem que precisa conversar e se não ouvem esse jovem, e se não faz perguntas para esse jovem, se não faz ele pensar… se não tem um ombro, se não tem ninguém para chorar com ele, se não tem um lugar para ele vir, ele nunca virá”, disse a cantora.

Fernanda ressaltou, porém, que existem casos que se mostram mais difíceis: “Por outro lado você vai encontrar, em extremos, jovens que chegam confusos com relação a sua orientação sexual porque sofreram abusos. Você vai encontrar jovens confusos segundo a sua orientação sexual por causa de uma idolatria que tem pelo pai ou pela mãe. Muito jovem quer ser a mãe ou quer ser o pai”, pontuou.

Na entrevista, a cantora disse que a influência do ambiente ao redor pode se tornar um fator de complicação nesse assunto: “Crianças que foram configuradas sexualmente em seu primeiro tempo de libido e sensualidade, configuradas com o mesmo sexo. E ai ela foi configurada na sua primeira sensação assim. Tudo isso são caminhos”, comentou.

Emerson Pinheiro destacou que o sexo é vendido na mídia como o sentido da existência e chamou atenção para o fato de que a expectativa exacerbada pode se tornar opressora e influenciadora na orientação sexual.

Você quer saber o que eu já ouvi como pastor? Uma menina que criou tanta expectativa em cima do sexo, tanta… que quando ela teve relação sexual com um homem, não era aquilo que ela esperava. Ela esperava mais e se frustrou. Foi querer buscar o outro lado para ver se tinha isso tudo pra ela. A propaganda do sexo, a pessoa cria tanta expectativa que se frustrou com o sexo oposto”, contextualizou.

Fazendo um mea-culpa do meio evangélico, Fernanda destacou que “o discurso radical, imediato, não é um discurso que sara imediatamente” e apontou o caminho: “O que sara é o amor e o diálogo. É andar a milha. Não é repudiar”, disse.

O pensamento foi complementado por seu esposo: “Você amar a pessoa não significa que eu aprovo aquela prática. Mas, eu acho que você tem que estar aberto para amar e para ouvir, principalmente. As pessoas precisam ser ouvidas”.

Assista:


domingo, 18 de dezembro de 2016

Em defesa de Silas Malafaia, cantora Eyshila é bombardeada de críticas no facebook


Toda essa polemica envolvendo o Pr. Silas Malafaia deu o que falar nessa ultima semana, que até sobrou para a sua concunhada Eyshila, quando saiu em defesa do pastor nas redes sociais.

Desde de que o Pr. Silas Malafaia foi indiciado, a cantora Eyshila postou diversas mensagens de apoio, e vídeos "esclarecedores" para provar a inocência do Silas, que recebeu misteriosamente uma ofertinha de 100 mil reais de um advogado.

Em todas as publicações de Eyshila para tentar defender Silas Malafaia, a cantora é altamente criticada pelos seguidores, e de ontem para hoje, a mesma perdeu mais de 10 mil seguidores só no facebook. Vejam alguns dos comentários:





A cantora ainda não respondeu nenhuma das criticas, mas vemos claramente que a mesma está empenhada ao máximo para defender o seu pastor e concunhado Silas Malafaia. O nosso papel é acompanhar o desenrolar de toda essa novela, pra gente vê no que vai dar!

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Silas Malafaia afirma: "Não sou ladrão!"


O pastor Silas Malafaia, da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, foi alvo de condução coercitiva da Polícia Federal na manhã desta sexta-feira (11). A operação “Timóteo” investiga um esquema de corrupção envolvendo royalties advindos de exploração mineral.

A PF esteve em sua residência, no Rio de Janeiro, mas ele estava em São Paulo, onde inaugurou uma igreja recentemente. Por isso, anunciou que irá se apresentar para esclarecer a situação. O pastor divulgou um áudio na internet e em breve publicará um vídeo.

Malafaia alega inocência. Seu nome apareceu nas investigações após ter recebido dinheiro advindo do principal escritório de advocacia participante do esquema.

O líder do Vitória em Cristo conta que recebeu em seu escritório a visita de um membro da igreja do pastor Michael Aboud da Igreja Embaixada do Reino de Deus, em Balneário Camboriú, SC. Este homem, não identificado por ele, levou como oferta um cheque de cem mil reais.

O dinheiro foi declarado à Receita Federal, garante Malafaia. Esse cheque agora é usado contra ele pela Justiça.

“Quer dizer agora que tenho que responder se membros de igreja são bandidos? Isso é um show pirotécnico para tentar me desmoralizar na opinião pública. Estão jogando a minha reputação na lama”, reclama ele no áudio.

O pastor reclama que não foi convocado para depor, pois prestaria todas as explicações. “Eu não sou ladrão e não estou envolvido em corrupção. Recebi uma oferta declarada e só”, encerra.

O tão esperado álbum de Ariely Bonatti tem preview disponível!


O "calado" sempre vence! 

O novo álbum de Ariely Bonatti, "Na Casa tem Vida", é um dos lançamentos pentecostais mais aguardados do momento, rodeado por polemicas e SUPERAÇÃO. Nem a ousadia de alguns pseudo-compositores tiraram o brilho dessa bolacha, que tem previsão de lançamento no mês de Janeiro/2017.

O álbum conta com 10 faixas, sendo que uma delas é assinada pela própria Ariely na composição, a faixa "Calado" seria uma suposta resposta a toda aquela polemica envolvendo Leandro Borges, Claudia & Claudio e Damares? Não sabemos de fato, mas confesso que foi um "shade" bem gostoso na cara deles (exceto a Damares que não se envolveu diretamente).

Tratando-se de qualidade e repertório, a Ariely nunca peca nesse quesito. Seus álbuns são os melhores em questão de repertório. Já está mais do que na hora da MK music encher o canal do Youtube de "lives" da Lely. Amamos a voz dela, e vamos defendê-la!

Desejamos sucesso...


quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Vídeo polemico de Priscilla Alcântara sobre "pecado", causa revolta entre alguns evangélicos


Quem está sendo alvo de milhares de compartilhamentos no facebook e dezenas de comentários com duras críticas é a cantora "teen" Priscilla Alcântara, na qual, declarou em uma de suas conhecidas ministrações a seguinte frase: "Nós não somos pecadores não, somos filhos de Deus...".

A partir daí uma polêmica teológica foi desencadeada e muitas páginas cristãs compartilharam o vídeo com a tão tremenda e polêmica visão da Pri sobre os pecadores e o pecado. Será que foi uma expressão mal dita ou foi por falta de leitura bíblica? 

Pra quem não sabe, a Priscilla vive um dos melhores momentos em sua carreira no meio gospel. Seus vídeos no canal VEVO do Youtube, recebe milhões de visualizações e se destaca com o clipe "Tudo é teu" que já está com mais de 12 milhões de acessos. Suas opiniões em entrevistas sempre são um grande "auê" para os religiosos ortodoxos evangélicos, pois a todo mundo a cantora quer se desviar do nome chamado "religião".

Fonte: Gospel Amargo


Veja o vídeo polêmico.